Fundação Manuel Gerardo de Sousa e Castro

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Consulte o Relatório de Contas de 2016, aqui
Consulte o Relatório de Contas de 2015, aqui
Consulte o Relatório de Contas de 2014, aqui

A Fundação Manuel Gerardo de Sousa e Castro com sede na rua Infante D. Henrique n.º 1 , em Beja, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social conforme Decreto-Lei n.º 119/83, e publicado no Diário da Republica n.º46, 1 série de 25/2/83. Destina-se a acolher crianças e jovens do sexo feminino, do Distrito de Beja, com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos. Foi mandada construir por D. Mariana d` Assunção Nunes e Castro para perpetuar a memória do seu marido Manuel Gerardo de Sousa e Castro e proteger a pobreza. Foi Inaugurada a 23 de Novembro de 1933.
Por morte de Benemérita Senhora – Agosto de 1954 – conforme testamento, é nomeada pelo Bispo da Diocese, a primeira Direcção. Em 1972 vêm para a Instituição as Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria para assumir a administração, em colaboração com a Direcção. A 14 de Julho de 1982 é celebrado o 1º Acordo de Cooperação com a Segurança Social, para 22 utentes.
No ano 2002 com a comparticipação do Centro Distrital de Segurança Social de Beja, e a ajuda de muitos amigos, foram feitas obras de Ampliação e Remodelação das Instalações, aumentando a sua capacidade para 36 crianças e jovens.
A 14 de Dezembro de 2005 são inauguradas as novas Instalações pela então Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Dr.ª Idália Serrão de Menezes Moniz.
No dia 25 de Maio de 2006 no Salão Nobre dos Paços do Concelho a Presidente de Direcção, recebe do Presidente da Câmara Municipal de Beja, Dr. Francisco Cruz dos Santos a Medalha de Mérito Municipal de Grau Prata atribuído à Fundação Manuel Gerardo de Sousa e Castro. Entre Outubro de 2008 e Abril de 2009, integramos uma Acção de Formação Padronizada designada por QUAL-´IS – Qualificar a Intervenção Social.
Em Dezembro de 2009 aderimos ao Plano DOM – Desafios, Oportunidades e Mudanças.
Em Setembro de 2010 aderimos ao programa de formação QUALIntegra, tendo em vista a certificação da resposta social.

Como funcionamos
Temos como preocupação, criar condições de conforto, respeito e bem-estar, de modo a proporcionar às crianças/jovens vivências similares às das famílias.

As 36 crianças/jovens, aqui acolhidas, integram as escolas da área de sua residência, nos diferentes graus de ensino, ensino especial, e cursos profissionais.
De acordo com os seus interesses, estão integradas em diversos clubes e grupos: Atletismo (Grupo Desportivo das Neves), Banda de Música Capricho Bejense, Coro Infantil/Juvenil da Paroquia do Carmo, Catequese, Escuteiros, Aulas de Viola, "Papa livros" (Biblioteca Municipal).

Participam em actividades promovidas pela comunidade local, nomeadamente Câmara Municipal de Beja, Escolas, Paróquia, Rede Social do Concelho de Beja – Dias Comemorativos, Feira Social, Carnaval, Natal, Sessões de Cinema, Futebol, Dança, Língua Gestual entre outras… Tem a oportunidade de passar o mês de Julho na praia da Ericeira.

Ao "jeito" de uma família as crianças/jovens são ensinadas a realizar algumas tarefas importantes do dia-a-dia - arrumação e organização dos espaços, arrumar o seu quarto e cuidar dos seus pertences, cozinhar aos fins-de-semana.
No desempenho das suas tarefas, são acompanhadas pelas equipas, Técnica e Educativa.
Aos 18 anos se assim o desejarem transitam para o Lar Girassol – Obra Social das Franciscanas Missionarias de Maria (IPSS), a funcionar há 19 anos, com um único objectivo – apoiar as jovens, saídas da FMGSC, interessadas em completar a sua formação académica e iniciar a sua vida profissional, trabalhando com elas, o processo de autonomização.